Solidariedade Quissamã com nova composição

Diretório do Solidariedade Quissamã
Posse do novo diretório municipal do Solidariedade Quissamã.

O Solidariedade se fortalece no interior do Estado. Com o objetivo de traçar metas para o partido no biênio 2019/2020, o Solidariedade Quissamã iniciou nesta quinta-feira (14) a composição da sua nova executiva municipal. O novo presidente do diretório municipal é o líder comunitário Marciano Azevedo. O vereador do Solidariedade na cidade, Luiz de Acil, é o primeiro vice.

Um dos objetivos da nova executiva é o fortalecimento da legenda na cidade, pensando na disputa eleitoral em 2020. De acordo com o Maxwell Vaz, coordenador do Solidariedade Norte Fluminense, a escolha de Marciano e do vereador Luiz de Acil mostra força política.

“Eles são os responsáveis pela articulação e o fortalecimento do partido e tem uma grande liderança e aceitação. Quero parabenizá-los pela maturidade e pela composição partidária, que será fundamental para o crescimento do Solidariedade”, destacou Maxwell.

 

Conheça o novo diretório de Quissamã

Marciano é funcionário público há quase 20 anos e tem um trabalho reconhecido na Agricultura Familiar e também como líder comunitário.

           “Temos serviço prestado a nossa comunidade. Lutamos para que conseguíssemos receber correspondência, para realizar melhorias estruturais, como de esgoto. O nosso foco agora é montar um partido forte que faça a diferença. E é esse o caminho que trilharemos com o Solidariedade”, enfatizou.

Vereador eleito pelo Solidariedade em 2016, Luiz de Acil, tem grande atuação junto aos pescadores e trabalhadores rurais.

No encontro o foram empossados o secretário Geral do Solidariedade em Quissamã, Lourenço de Almeida Pereira, o tesoureiro, Luis Geraldo de Paula e o secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Sustentável e Agricultura Familiar do Solidariedade, Gilberto Terra.

A reunião contou também com a presença do presidente da Câmara, Luciano Pessanha, do vice-presidente, Calico, dos vereadores, Leone e Cassio Reis, da subsecretária de Assistência Social, Tia Rosana, da coordenadora do Cras II Ivandra Maria de Miranda Linhares além de lideranças políticas da região.