Solidariedade Mulher homenageia mulheres empreendedoras

IMG_0668

Nos últimos anos, as mulheres ampliaram a sua participação no desenvolvimento econômico brasileiro, uma vez que cada vez mais mulheres têm buscado empreender e construir seu próprio negócio. De acordo com pesquisa feita pelo Sebrae, o Brasil tem a sétima proporção de mulheres entre os empreendedores iniciais, são cerca de 24 milhões. Homens são 28 milhões. O empreendedorismo tem despertado o interesse das mulheres. A proporção de “Empreendedores Novos” – os que têm um negócio com menos de três anos e meio – é maior entre elas (15,4% contra 12,6% de homens). Além disso, elas têm maior escolaridade que os homens.

Um relatório divulgado este ano pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Sebrae apontou que, em 2017 e 2018, a proporção de mulheres empreendedoras que são “chefes de domicílio” passou de 38% para 45%. A atividade empreendedora passou a conferir às empresárias uma posição de protagonismo quanto à renda da casa.

No dia 21 de outubro, com o título “A Força da Mulher Empreendedora”, a Secretaria da Mulher do Solidariedade de Duque de Caxias promoveu uma audiência pública, na Câmara dos Vereadores, para debater o tema e homenagear mulheres que desenvolvem um importante trabalho em diferentes setores da economia.

“Hoje a mulher é protagonista em vários tipos de perfis e de segmentos. E a homenagem às mulheres destaques em empreendedorismo demonstra que o Solidariedade, através do Solidariedade Mulher, percebe que a mulher precisa ser reverenciada”, disse a presidente do Solidariedade Mulher, Roseli Duarte.

O Presidente Estadual do Solidariedade e deputado federal, Aureo Ribeiro, esteve presente no evento, ressaltou a importância de ter mulheres como empreendedoras e falou da necessidade de gerar oportunidades.

“Gostaria de parabenizar o Solidariedade Mulher de Duque de Caxias pela iniciativa do evento. Além de ser um tema extremamente importante para o partido, tenho focado meu mandato nesse ponto: oportunidade. Através da geração de emprego e renda, a oportunidade se torna realidade. Ela é a principal porta para que se acredite em um futuro, sem oportunidade as pessoas não sonham. Esse tipo de audiência precisa sair de dentro das Câmaras legislativas. E essa é nossa responsabilidade, como partido, como legisladores. O que adianta fazer leis se elas não estão chegando na ponta, na vida das pessoas?”, comentou Aureo Ribeiro.

As homenageadas foram:

  • Ana Farias (Spaço Ana Farias – Saúde e Estética Avançada);
  • Ana, Sidnéia e Sonia (Albuquerque’s Fashion);
  • Andreia Bernardino (SDA Fashion e Craque Jeans);
  • Cleide Nascimento Sant’ana (Micro Empreendedora Individual);
  • Débora Tolomei (Ateliê Débora Tolomei);
  • Fátima Farias (Fátima Farias Doces Modelados);
  • Geísa Pinto Pereira (Mudart Comercial e Eventos);
  • Ilza Carmo (A.I.do Carmo Santos Distribuidora de Produtos Alimentícios);
  • Júlia Castro (Digital Influencer da @omgprecinho);
  • Katia Erbas (Studio Katia Erbas – Make & Hair);
  • Margareth Junger (Casa de Festas Imagine um Lugar);
  • Mariana Borges (Estúdio Mariana Borges);
  • Marluce Oliveira da Fonte (Scorpions Tour Viagem);
  • Michelle Machado (Ateliê Michelle Artes Chocomach);
  • Rosilane Jardim (Diretora Criativa da Karamello Rio);
  • Valderice Barros (Acquaval Piscinas);
  • Vanessa Danciger (Quintal da Vanessa).

Júlia Castro, de 23 anos e criadora do Instagram @omgprecinho, contou como funciona o seu trabalho e sobre receber o prêmio.

“Comecei essa Instagram porque minhas amigas já gostavam das dicas de moda que eu dava e aí resolvi deixar isso mais público, partilhar essas ideias e dicas. Acabou virando um espaço de outras meninas também, não só meu, porque eu compartilho e também recebo dicas. Fiquei muito feliz de ter esse reconhecimento porque a luta da mulher é uma luta constante e diária”, relatou Júlia.